sábado, 25 de junho de 2016

Rapidinhas

Miss Julie (Liv Ullmann/2014): parece teatro filmado, mas lindamente iluminado e emoldurado. Às vezes, é o que basta para um chamber drama potente. Um jogo de dominação psicológica, de classe e de gênero em que o fiel da balança muda de súbito. Samantha Morton é a melhor do elenco reduzido. [Info

Morte Sobre o Nilo (John Guillermin/1978): lembra mais uma produção televisiva de segunda classe do que algo feito para o cinema, mas a constelação de atores (Bette Davis e Maggie Smith batendo boca - impagável) e a engenhosidade narrativa de Agatha Christie garantem o entretenimento. [Info

Boneco do Mal (William Brent Bell/2016): suspense, não horror. Dirigido de maneira invulgar, evitando câmera epilética e edição caótica. Construção paciente da trama. Percebe-se desde o começo que terá reviravolta no final, logo, é daquelas experiências cuja primeira sessão carrega maior impacto. [Info

Nenhum comentário:

Postar um comentário