terça-feira, 10 de maio de 2016

O Faroeste de Ridley Scott


O diretor de Alien, Blade Runner e Gladiador já havia expressado o desejo de fazer um western, em entrevista de 2003 publicada na extinta Revista SET. Treze anos depois, as engrenagens que tornarão esse sonho realidade começaram a se movimentar. 

A 20th Century Fox comprou os direitos do livro Wraiths of the Broken Land, de S. Craig Zahler (de Bone Tomahawk), reunindo o roteirista Drew Goddard e Scott, a dobradinha de Perdido em Marte, para adaptar o tomo à telona. 

O enredo, dito ultraviolento, situado próximo à fronteira entre EUA e México na virada do século XX, acompanha uma gangue fora-da-lei (formada por um pai, seus dois filhos, um índio, um pistoleiro e um ex-escravo) que parte em busca de duas irmãs sequestradas, forçadas à prostituição.

Resta saber se Scott embarcará no projeto logo após Alien: Covenant ou se priorizará The Cartel antes. [Fonte I][Fonte II]

2 comentários:

  1. Sou fã do gênero. É sempre bom quando algum diretor de renome aceita se aventurar no gênero.

    Abraço

    ResponderExcluir