sábado, 27 de fevereiro de 2016

A HORA DO PESADELO 2 - A VINGANÇA DE FREDDY (Jack Sholder/1985)

O mais assustador? Perceber o quanto Kim Myers era parecida com uma jovem Meryl Streep - o nariz, o olhar, a boca. Uma curiosa distração, sem culpa da atriz ou do filme.

Esta continuação é eficaz se comparada ao original ("heresia!") porque os pesadelos do protagonista - imaginativos e assustadores, aproveitando os valores de produção aprimorados e efeitos especiais superiores - guardam uma relação clara com os anseios e problemas por ele vividos no cotidiano. A identificação de tal paralelo tonifica a consistência da premissa, conferindo uma camada de engenhosidade ao evitar retratar sonhos ruins como meras visões diabólicas desprovidas de contexto. Pecadilhos: as atuações permanecem ruins, o elenco (Hope Lange à parte) carece de nomes tão interessantes quanto Ronnee Blakely e Johnny Depp e a última cena fica aquém do impacto almejado. [Info

2 comentários:

  1. Eu não gostei, considero este um dos mais fracos da série. Se não estou enganado, o próprio Freddy aparece durante o dia em meio a uma festa para atacar os jovens.

    Tenho uma teoria sobre a série. Se você assistir na sequência o original, a parte III e o "Novo Pesadelo" que seria a parte VII, verá que seria uma ótima trilogia, com uma trama que se completa.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por ora só vi até este segundo, mas pretendo continuar a série.

      Cumps.

      Excluir