terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Oscar 2016: Previsões


Tive que pensar duas vezes antes de redigir e publicar esta postagem. 

O motivo é simples: desde que comecei a acompanhar a chamada awards season, em 1998, nunca houve uma tão aberta e confusa. "Aberta" no sentido de que todos os principais candidatos têm revezes em suas trajetórias; "confusa" porque alguns atores e atrizes foram promovidos como coadjuvantes, mas já foram indicados em certos eventos na categoria de protagonista - a Academia não tem obrigação de seguir a orientação dos estúdios. Outro diferencial é a quantidade de filmes "de gênero" (ficção, ação, fantasia, thriller) na corrida rumo à estatueta. 

Considerem alta a margem de erro do que se segue. [Imagens: The Film Experience]

[FILME = 6/8 = 75%]
  1. Spotlight - Segredos Revelados
  2. A Grande Aposta
  3. O Regresso
  4. Perdido em Marte
  5. Ponte dos Espiões
  6. Carol
  7. Brooklyn
  8. Straight Outta Compton - A História do N.W.A.
  9. Mad Max - A Estrada da Fúria 
  10. O Quarto de Jack
Alternativas: Sicario; Divertida Mente; Beasts of No Nation.
Nota: Compton obteve apoio dos sindicatos dos atores, editores e produtores, além de ter sido um grande sucesso de público. A dúvida: quantos membros da Academia, em sua maioria branca e idosa, o colocaram em primeiro lugar nas cédulas? O Quarto de Jack foi indicado ao Globo de Ouro em Filme Dramático e Roteiro, o que tende a ser convertido numa vaga ao Oscar de Filme desde a expansão do número de finalistas em 2010 (estatisticamente um período de tempo insignificante), mas Tudo Pelo Poder teve as mesmas menções e ficou de fora. Certas celebridades, oh tão nobres e conscientes!, organizaram sessões de Beasts of No Nation para votantes, ainda em 2015, empenhando-se na campanha do experimento da Netflix, cuja única indicação importante permanece sendo Melhor Elenco no Sindicato dos Atores. Os esforços podem render frutos e surpreender. Ou não.   

[DIREÇÃO = 4/5 = 80%]
  1. Ridley Scott, Perdido em Marte
  2. Alejandro González Iñárritu, O Regresso
  3. Adam McKay, A Grande Aposta
  4. Thomas McCarthy, Spotlight - Segredos Revelados
  5. George Miller, Mad Max - A Estrada da Fúria
Alternativas: Todd Haynes, Carol; Steven Spielberg, Ponte dos Espiões; Cary Fukunaga, Beasts of No Nation.
Nota: desde a esnobada dos pretensos favoritos Ben Affleck (Argo) e Kathryn Bigelow (A Hora Mais Escura) na edição de 2013, nada é certo. Há quem pense que McKay ou McCarthy possam amargar destino semelhante. Mas o modus operandi seguro para o apostador é manter uma perspectiva conservadora, afinal, exceções não são regras. 

[ATOR = 5/5 = 100%]
  1. Leonardo DiCaprio, O Regresso
  2. Michael Fassbender, Steve Jobs
  3. Bryan Cranston, Trumbo - Lista Negra
  4. Eddie Redmayne, A Garota Dinamarquesa
  5. Matt Damon, Perdido em Marte
Alternativas: Steve Carell, A Grande Aposta; Johnny Depp, Aliança do Crime.
Nota: o buzz de A Garota Dinamarqeusa anda tão silencioso que não é inconcebível Redmayne sequer ser indicado, mas o papel biográfico e transformativo talvez seja irresistível para os votantes. Carell e Damon dependem unicamente da força dos respectivos filmes. Quanto a Fassbender, que há alguns meses parecia a única ameaça a DiCaprio: o quanto o fiasco de bilheteria de Steve Jobs e a recusa do ator em fazer campanha poderão prejudicá-lo?

[ATRIZ = 3/5 = 60%]
  1. Brie Larson, O Quarto de Jack
  2. Saoirse Ronan, Brooklyn
  3. Cate Blanchett, Carol
  4. Jennifer Lawrence, Joy
  5. Alicia Vikander, A Garota Dinamarquesa
Alternativas: Charlotte Rampling, 45 Anos; Rooney Mara, Carol; Lily Tomlin, Grandma.
Nota: e se Vikander entrar aqui? Pior: e se Rooney entrar aqui? Ela e Blanchett ambas terão vagas? E se apenas Rooney conseguir, deixando a coprotagonista de fora? Lawrence sobrevive à morna recepção de Joy e à ausência no SAG? Rampling será indicada, apesar de nem os colegas britânicos a terem reconhecido no BAFTA? Só tenho dúvidas, não respostas.

[ATOR COADJUVANTE = 4/5 = 80%]
  1. Mark Rylance, Ponte dos Espiões
  2. Christian Bale, A Grande Aposta
  3. Sylvester Stallone, Creed - Nascido Para Lutar
  4. Mark Ruffalo, Spotlight - Segredos Revelados
  5. Idris Elba, Beasts of No Nation
Alternativas: Benicio Del Toro, Sicario; Paul Dano, Love & Mercy; Michael Shannon, 99 Homes; Michael Keaton, Spotlight - Segredos Revelados; Jacob Tremblay, O Quarto de Jack.
Nota: a categoria mais competitiva, ponto final. Ao menos uma dezena de nomes viáveis. 

[ATRIZ COADJUVANTE = 3/5 = 60%]
  1. Kate Winslet, Steve Jobs
  2. Rooney Mara, Carol
  3. Helen Mirren, Trumbo - Lista Negra
  4. Rachel McAdams, Spotlight - Segredos Revelados
  5. Kristen Stewart, Acima das Nuvens
Alternativas: Alicia Vikander, A Garota Dinamarquesa; Alicia Vikander, Ex Machina; Jennifer Jason Leigh, Os Oito Odiados; Jane Fonda, A Juventude; Joan Allen, O Quarto de Jack.
Nota: se Ator Coadjuvante é a mais disputada, esta é a mais confusa. Culpa da categorização. Estúdios promovem performances coprotagonistas aqui para aumentar as chances de indicação (Vikander, A Garota Dinamarquesa) ou para evitar bater de frente com colegas de cena em Atriz Principal (Mara, Carol). Vikander pode aparecer aqui ou lá ou em lugar nenhum, dividindo votos consigo mesma. Stewart ganhou o César, o prêmio do New York Film Critics Circle e da National Society of Film Critics. Se for indicada, vale fingir surpresa?

[ROTEIRO ORIGINAL = 4/5 = 80%]
  1. Spotlight - Segredos Revelados
  2. Divertida Mente
  3. Ponte dos Espiões
  4. Os Oito Odiados
  5. Ex Machina - Instinto Artificial
Alternativas: Sicario; Descompensada; Straight Outta Compton - A História do N.W.A.; O Filho de Saul; Joy.
Nota: Tarantino é queridinho dos roteiristas na Academia, foi lembrado em todos os precursores de relevo, porém, Os Oito Odiados é seu filme mais divisivo. Caso fique ausente este ano, não será um choque.

[ROTEIRO ADAPTADO = 4/5 = 80%]
  1. A Grande Aposta
  2. O Quarto de Jack
  3. Brooklyn
  4. Carol
  5. Steve Jobs
Alternativas: Perdido em Marte; Anomalisa; The End of the Tour; Beasts of No Nation; Trumbo - Lista Negra.
Nota: o Sindicato dos Roteiristas lembrou de Aaron Sorkin, o USC Scripter o esqueceu e Jobs naufragou nas bilheterias. O que pensar? Se Perdido em Marte der as caras (não deu no BAFTA nem no Globo de Ouro, deu no WGA), provará ser um candidato forte. Será o trabalho de Charlie Kaufman em Anomalisa demasiado fora dos padrões para os acadêmicos? Ele já ficou a ver navios por Sinédoque. Nick Hornby, por alguma razão, amargou a rejeição por Livre no ano passado, mas Brooklyn está cotado para Melhor Filme, ao contrário do longa anterior do roteirista. Carol está longe de ser uma aposta certeira, haja vista ter faltado no Globo de Ouro, no USC Scripter e no Critics' Choice.

[ANIMAÇÃO = 3/5 = 60%]
  1. Divertida Mente
  2. Anomalisa
  3. Shaun: O Carneiro
  4. O Bom Dinossauro
  5. Snoopy & Charlie Brown: Peanuts, o Filme
Alternativas: O Menino e o Mundo; Minions - O Filme; The Prophet.
Nota: a única chance de o Brasil marcar presença (O Menino e o Mundo).

[FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA = 4/5 = 80%]
  1. O Filho de Saul (Hungria)
  2. Mustang (França)
  3. Krigen (Dinamarca)
  4. Labirinto de Mentiras (Alemanha)
  5. Theeb (Jordânia)
Alternativas: Le tout nouveau testament (Bélgica); Miekkailija (Finlândia).
Nota: aposte em longas sobre o Holocausto ou criancinhas ou falados em francês.

2 comentários:

  1. É uma pena: esse ano eu não vou poder dar muito palpite sobre vencedores. Eu praticamente, ao contrário da cerimonia do ano anterior, desta vez eu não assisti quase nenhum dos filmes que você citou. Exceto por "Perdido em Marte", "Mad Max" e a "Garota Dinamarquesa", os demais ainda não conferi. Há muito trabalho pela frente!

    abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vi boa parte deles e achei decepcionante. Cuidado pra não criar muitas expectativas...

      Cumps.

      Excluir