terça-feira, 25 de agosto de 2015

ENDER'S GAME - O JOGO DO EXTERMINADOR (Gavin Hood/2013)

Que surpresa. Antes de assistir nada dava por este filme. Parecia infantiloide devido à juventude do elenco principal.

Além de a concepção visual ser fantástica, as ideias do roteiro também me pareceram admiráveis, e bem incomuns para uma superprodução de Hollywood. Poderia ter se refestelado na destruição, na morte, adotado um tom triunfalista, mas não: há espaço para pensar nas consequências de um genocídio evitável, além da noção de conhecer o inimigo, entender suas motivações. Ender's Game, em tempos de guerra como o nosso, prega o entendimento e condena a matança com desculpa preventiva (atacar antes para se defender).

Uma ficção científica em que os temas abordados interessam tanto quanto a ação e os efeitos especiais. [Info

2 comentários:

  1. Ainda não assisti, mas também tinha a impressão de ser algo descartável.

    Fiquei curioso.

    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Achei bacana o filme, mas é daqueles que vão acabar caindo no esquecimento.

    As boas ideias contidas nele são oriundas do livro

    ResponderExcluir