quarta-feira, 1 de julho de 2015

JURASSIC PARK III (Joe Johnston/2001)

 

Sem nada a acrescentar à, digamos, "mitologia" da franquia, este terceiro filme se contenta em reciclar de O Mundo Perdido cenário (Ilha Sorna) e premissa (grupo parte ao local para resgatar uma pessoa e acaba encalhado). 

Apesar de funcionar como encadeador de cenas de ação estreladas por dinos em CGI, o roteiro derivativo enfureceu fãs dos capítulos anteriores ao deixar o icônico Tiranossauro Rex de escanteio, derrotado em minutos pelo novo vilão carnívoro, o Espinossauro. Distante anos-luz das discussões éticas concisamente mencionadas em Jurassic Park, o pano de fundo temático se resume a uma ode à união familiar, obtida graças ao sacrifício dos pais pela prole - espelhada no reino animal, num instante em que velociraptors se preocupam antes em reaver seus ovos do que transformar os insossos protagonistas em almoço. 

Entretenimento de rápido consumo, inofensivo, sacia a fascinação de crianças pelos gigantes extintos durante uma hora e meia, embora fique aquém da magia inédita que tornou o longa de 1993 um clássico contemporâneo. [Info] ★★★

Um comentário:

  1. Gostei desse filme. Estou curioso para ver o recém lançado "Jurassic World".

    abraço

    ResponderExcluir