segunda-feira, 29 de junho de 2015

PERIGO NA NOITE (Ridley Scott/1987)

Seguindo uma das predileções temáticas de Scott, o filme apresenta figuras masculinas que empalidecem à sombra de mulheres fortes. Mesmo aproveitando as deixas para o diretor de fotografia fornecer visuais requintados graças aos ambientes da elite novaiorquina, o enredo decepciona por ser genérico a ponto de tornar o projeto supérfluo. Irrita, ainda, por obrigar o público a acompanhar um sujeito sem fibra que não merece a esposa (Lorraine Bracco, ótima), nem a amante (Mimi Rogers). Por que o artista que legou Blade Runner e Alien às plateias investiu seu tempo num thriller de segunda categoria? De curioso, apenas o humor surgido do abismo social entre o policial e a socialite com a qual se envolve. [Info] ★★

2 comentários:

  1. Assisti este filme no cinema. Na época, a expectativa era grande por ser do diretor de "Alien" e "Blade Runner" e que havia fracassado dois anos antes com a fantasia/ficção "A Lenda".

    Infelizmente o resultado é bem abaixo do que se podia esperar.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Puxa, quando o filme foi lançado eu tinha aproximadamente 1 ano! :p

      Excluir