segunda-feira, 22 de junho de 2015

007 - OPERAÇÃO SKYFALL (Sam Mendes/2012)

spoiler! O impacto causado por determinados eventos do enredo é explicável de pronto: o público acostumou-se às convenções da franquia, resultando na impressão de que elas seriam intocáveis. Ledo engano. Além do trágico adeus a uma figura querida e do reencontro de coadjuvantes célebres encarnados por outros intérpretes na era pré-Craig, os roteiristas seguem implementando o caráter, as motivações e o passado dos personagens, fazendo com não falte sentido à ação (espetacular). Outro fator a tornar este capítulo um marco é o apuro estético: tomadas cujos enquadramentos e cores convidam o queixo a ir ao chão, cortesia do diretor de fotografia Roger Deakins e do desenhista de produção Dennis Gassner (ambos colaboradores de longa data dos irmãos Coen). Skyfall surpreende, comove e empolga, deixando no ar a dúvida se a próxima aventura de Bond poderá superar esta. [Info] ★★★★★

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Ainda não vi todos, mas dentre os que vi, é mesmo o melhor, aliás, disparado. Deixo 'Moscou Contra 007' em segundo lugar.

      Excluir
  2. É difícil comparar tantos filmes feitos em épocas bem distintas.

    Este com certeza está entre os melhores, mas com Daniel Craig, ainda acho que "Cassino Royale" é superior.

    Abraço

    ResponderExcluir
  3. não vi tantos filmes da franquia, mas sem dúvida esse é o que mais me impressionou. mudar alguns conceitos de franquias pode ser perigoso, neste caso foi um enorme acerto. além da fotografia e das cenas de ação, destaco a bela trilha sonora.

    ResponderExcluir