quarta-feira, 13 de maio de 2015

VELOZES E FURIOSOS (Rob Cohen/2001)

Uma produção concebida para elevar a adrenalina da galera com carros envenenados, elenco carismático, uma pitada de romance e o desabrochar de uma amizade improvável. Há atrativos de sobra para garotos e garotas, sem pretender elevar o status da credibilidade artística do Cinema, revolucionar o método narrativo ou transmitir mensagens edificantes metaforizadas. Blockbusters podem ter  salutar ambição de transcender o próprio comercialismo. Mas programas que visam a entreter as massas - desde que bem feitos - também merecem reconhecimento pela eficiência e honestidade. Editado, musicado, fotografado e atuado com mais cuidado do que em basicamente qualquer outro título do diretor, apesar de certa previsibilidade no desenvolvimento da relação entre os personagens de Paul Walker e Vin Diesel, Velozes e Furiosos monopoliza as atenções e eleva os batimentos cardíacos com facilidade por 106 minutos. [Info] ★★★★

Um comentário:

  1. Realmente é bem legal como diversão passageira.

    Abraço

    ResponderExcluir