sexta-feira, 1 de maio de 2015

ESSE OBSCURO OBJETO DO DESEJO (Luis Buñuel/1977)

Um burguês viúvo de meia idade cai de amores, ou melhor, desejo pela jovem serviçal que o faz de gato e sapato enquanto impede a todo custo a consumação carnal do affair. Buñuel e Jean-Claude Carrière usam da fina ironia para desvelar as humilhações voluntárias a que as pessoas se submetem quando embriagadas pela luxúria, enredadas nos constantes jogos de poder travados entre os participantes de um elo sexual. De passada fluida, tônica apenas superficialmente plácida, o filme é pontuada por instantes de violência súbita; como de praxe em se tratando de Buñuel, o humor rasgado cede espaço a pequenas malícias às quais se reage com um incômodo esgar de reconhecimento do contraditório comportamento humano. [Info] ★★★

Um comentário:

  1. Nos anos oitenta os críticos sempre elogiavam Buñuel, porém até hoje ainda não assisti filme algum do diretor.

    Abraço

    ResponderExcluir