terça-feira, 9 de dezembro de 2014

O LADO BOM DA VIDA (David O. Russell/2012)

http://mulhollandcinelog.files.wordpress.com/2013/10/olbdvcc.jpg
Os personagens brigam, erram, aprendem, crescem. Aceitam-se como são, apesar das relutâncias iniciais. Não desistem de buscar uma melhora. A dinâmica entre o público e esta enérgica comédia romântica reflete tal dinâmica: à medida que acompanha os percalços de Pat, Tiffany, Danny, Sr. e Sra. Solitano, intensifica a empatia para com eles. Que nem o protagonista bipolar interpretado por Bradley Cooper, o diretor administra mudanças súbitas de humor. Faz rir pelas confusões do par romântico e das peculiaridades de coadjuvantes tresloucados; comove em tristes cenas de desarmonia familiar e frustração pessoal. O Lado Bom da Vida aproveita cada minuto para sustentar sua dramaturgia. Pena que termine e não permita continuar acompanhando a trajetória daquelas pessoas fictícias. [Info] ★★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário