terça-feira, 2 de dezembro de 2014

INVASÃO DO MUNDO: BATALHA DE LOS ANGELES (Jonathan Liebesman/2011)

Atendidas as preces de quem sonhava com um fusão de Falcão Negro em Perigo e Independence Day. Pena que o rebento bastardo herdou apenas os genes defeituosos dos pais.

Este híbrido de guerra (ufanista) e FC (deficitária em ciência) sobrecarrega olhos e ouvidos valendo-se de efeitos especiais confusos e mixagem de som ensurdecedora. Ignora um ingrediente valioso: o senso de mistério/medo/deslumbramento perante o desconhecido – no caso, uma horda extraterrestre hostil. Liebesman privilegia a brutalidade caótica por meio de close-ups e câmeras sacolejantes. Tudo recebe um tratamento fugaz, impessoal – exceto, infelizmente, os discursos militaristas “edificantes”. As bizarras criaturas acabam relegadas a figurantes de luxo. [Info] ★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário