sexta-feira, 14 de novembro de 2014

UM SONHO POSSÍVEL (John Lee Hancock/2009)

Leigh Anne Tuohy – mãe de família sulista, republicana, de personalidade forte, cristã, membro da National Rifle Association. Corria o risco de alienar e irritar a plateia. Na pele (e carisma) de Sandra Bullock, ela é uma força da natureza. A atriz enfatiza a sinceridade do altruísmo de Leigh Anne. A família Tuohy busca agir com decência, o garoto humilde não tem malícia, as coisas acabam dando mais certo do que errado e assim por diante. Hancock dirige um drama biográfico feel good, leve feito uma pluma. Feito sob medida para agradar, restaurar a fé na bondade das pessoas. Recomendado para quem tolera problemas sociais abordados de maneira não realista. [Info] ★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário