sexta-feira, 7 de novembro de 2014

MEU FILHO, OLHA O QUE FIZESTE! (Werner Herzog/2009)

O bizarro impera, espelhando a ruptura do protagonista (Michael Shannon) com a realidade. Não é mero capricho de Herzog, conforme teorizam os ávidos em descartar os floreios do diretor. Esses detalhes deslocados, visuais ou sonoros, desempenham o papel de notas propositalmente dissonantes num filme que disseca a loucura enquanto faz brotar sensações incômodas no espectador. [Info] ★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário