quarta-feira, 1 de outubro de 2014

VENTOS DA LIBERDADE (Ken Loach/2006)

Praticante de um estilo seco, direto, livre de floreios cosméticos, Loach fez a alegria dos jurados no Festival de Cannes em 2006. O público, no entanto, acaba negligenciado em prol dessa isenção tentativamente objetivista, alienado dos efeitos mobilizadores que a história, trágica, poderia inspirar. Na memória, fica gravada a triste hipocrisia do derramamento de sangue entre irmãos irlandeses (em esfera familiar e nacional) após cruentas batalhas contra os ingleses. [Info] ★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário