quinta-feira, 2 de outubro de 2014

SCARFACE (Brian De Palma/1983)


Pária criminoso, o cubano Tony Montana (Al Pacino, feroz) gaba-se de ter cojones. Sua atitude o leva a galgar os degraus rumo ao topo da pirâmide hierárquica formada pelos lordes do tráfico de drogas na ensolarada Miami.

Acontece que De Palma é um artista de igual determinação no comando do ofício. Sem pudores em cruzar a linha do excesso (rótulos como “alegoria camp” volta e meia são associados ao filme), o diretor confere um escopo épico à ascensão e queda de Montana, condicionando a progressão do enredo à energia hiperbólica do personagem, turbinada por quilos de cocaína. A falácia da ambição de Montana – todos atropelando para alcançar objetivos e, conseguindo, sentir-se tão vazio quanto antes – ganha um emblema irônico no desfecho cataclísmico: “O mundo é seu”. [Info] ★★★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário