terça-feira, 21 de outubro de 2014

QUERO SER GRANDE (Penny Marshall/1988)

Comédias não me atraem, raramente cativam. Exceções existem; esta é uma delas. Engenhosa a premissa. Marshall mescla fantasia, humor e sentimentalismo em doses equilibradas. O elenco entrou no espírito da coisa - Tom Hanks, Elizabeth Perkins, Robert Loggia. A mensagem: " aproveite a infância! Não pule fases!". O filme a transmite evitando forçar a barra. Cenas ficam gravadas na memória, como a de Loggia e Hanks dançando sobre o teclado gigante de brinquedo. [Info] ★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário