quinta-feira, 9 de outubro de 2014

PULP FICTION – TEMPOS DE VIOLÊNCIA (Quentin Tarantino/1994)

A irreverente arte de Tarantino consiste em despojados exercícios de desenvoltura estilística; seu discurso é balizado pelo universo pop. Mistura de comédia e crime, Pulp Fiction tem como justificativa de existência o deleite – só quem menospreza o “conteúdo” do repertório cool do autor poderia tachá-lo de irrelevante. A narrativa circular costura ápices ultrajantes (o resgate de Ving Rhames por Bruce Willis empunhando uma… Espada!) a interlúdios de romantismo (o flerte meio involuntário entre John Travolta e Uma Thurman). [Info] ★★★★★

Um comentário:

  1. Sensacional, com certeza estaria entre os cinco primeiros da minha lista de melhores da história do cinema.

    Abraço

    ResponderExcluir