domingo, 19 de outubro de 2014

FLASHDANCE – EM RITMO DE EMBALO (Adrian Lyne/1983)

O enredo é batido: garota pobre rala como soldadora durante o dia e ganha uns trocados chacoalhando o esqueleto num bar à noite. Ela ama dançar. Em meio a complicações amorosas, busca realizar o sonho de entrar numa escola de balé. O filme peca pela superficialidade, mas compensa o espectador devido à energia das partes musicais, filmadas, iluminadas e editadas visando à máxima excitação sensorial. Funciona. Dá vontade de levantar da poltrona e juntar-se a Beals. [Info] ★★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário