quinta-feira, 23 de outubro de 2014

DUELO AO SOL (King Vidor/1946)

Em 1946, o filme ganhou da equipe o codinome “Lust in the Dust”. Justo, pois captura, em opulento Technicolor, a poeira levantada por uma mestiça de sangue quente, que vira objeto de desejo e combustível para o confronto entre irmãos – um mau caráter, o outro certinho.

King Vidor imprimiu à obra um ímpeto efervescente, cativando desde o início. Além das personalidades indomáveis de Jennifer Jones e Gregory Peck como amantes encrenqueiros, o elenco secundário faz qualquer nostálgico suspirar (Lillian Gish, Walter Huston, Charles Bickford, Lionel Barrymore). Duelo ao Sol perdura entre os 100 maiores vendedores de bilhetes nos EUA. Percebe-se por que no lançamento causou tamanho furor. [Info] ★★★★

Um comentário:

  1. É um filmaço que mistura elementos comuns ao western, com um drama sobre desejo, além da disputa entre irmãos pela sensualíssima Jennifer Jones.

    Abraço

    ResponderExcluir