domingo, 12 de outubro de 2014

CLUBE DA LUTA (David Fincher/1999)

O filme critica a apatia da chamada ‘geração Y’ de jovens adultos, presos num marasmo existencial encorajado pelo consumismo a manter o sistema que faz deles gato e sapato. Intrépidos, Fincher e o roteirista Jim Uhls provam estar cientes de angústias enraizadas do homem moderno. Não é o trabalho de sociopatas-anarquistas-misantropos mandando às favas a responsabilidade. Estamos falando de uma cutucada cáustica, um grito espirituoso de alerta sobre aquilo que deveria importar na vida.

Já tacharam esta comédia negríssima de “anti-Deus”, mas pode-se detectar uma subcamada de pungência impensável para um niilista ortodoxo. [Info] ★★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário