segunda-feira, 15 de setembro de 2014

MADRE JOANA DOS ANJOS (Jerzy Kawalerowicz/1961)

Cruzamento entre drama e horror investido no psicológico. Desvia da espetacularização de assuntos como possessão demoníaca e exorcismos, antes condicionando-os à corruptível natureza humana, expressões exacerbadas do desejo reprimido e do isolamento alienante. Espaço é reservado para sugestões, dúvidas, silêncio. Kawalerowicz trabalha o material com austeridade, à parte dos clichês do entretenimento de massa americano. O esforça recompensa, em particular pelo tour de force de Lucyna Winnicka no exigente papel-título. [Info] ★★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário