sábado, 20 de setembro de 2014

GRAN TORINO (Clint Eastwood/2008)

Qual circunstância faria antagonistas juntar forças? Eastwood, infundido pela serenidade conciliadora que identifica sua linha autoral, aborda a tensa convivência entre imigrantes (no caso, coreanos) e nativos norte-americanos (ele empresta a carranca envelhecida a um amargurado veterano da Guerra da Coreia), uma panela de pressão prestes a estourar. Preconceito, desconfiança mútua, solidariedade, tolerância, fantasmas do passado – o diretor equilibra seu despojamento de estilo característico e consciência temática, desatando nós por meio de um aguçado estudo de caráter. [Info] ★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário