sábado, 20 de setembro de 2014

ENSAIO SOBRE A CEGUEIRA (Fernando Meirelles/2008)

Aplicando o dom para experimentos com fotografia e edição, inovando agora no áudio, Meirelles falhou em conquistar público e crítica pelo exato motivo que torna esta adaptação de Saramago corpo estranho num mercado saturado de oferendas formulaicas: o compromisso em manter intacta a qualidade incisiva da fonte literária e levar adiante as propriedades de sua linguagem anticonvencional. O diretor simula a desorientação daqueles privados do sentido da visão, chave para derrocada da organização social e liberação de instintos primitivos como recurso de manutenção da sobrevivência. [Info] ★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário