quarta-feira, 17 de setembro de 2014

ATRAÇÃO FATAL (Adrian Lyne/1987)

Um título alternativo apropriado para este thriller histriônico do sumido Lyne seria “Estrada para Perdição” – percorrida por um conquistador de meia idade (Michael Douglas) que acaba carregando consigo, a tiracolo, a família. Apesar do roteiro recorrer a jogadas previsíveis (coelho vivo refogado?), a tensão mantém-se uniforme graças à edição eletrizante e à lunática com problemas de rejeição feita por Glenn Close, na longínqua época em que era uma atriz requisitada e devidamente aproveitada por Hollywood. [Info] ★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário