terça-feira, 16 de setembro de 2014

ARCA RUSSA (Aleksandr Sokurov/2002)

Confrontar-se com o ininterrupto tour-de-force orquestrado por Sokurov no Museu Hermitage implicará no reexame de convicções conceituais porventura defendidas pelo espectador (“cinema é montagem”). Composto de um plano-sequência de 97 minutos, Arca Russa estilhaça paradigmas, ultrapassa fronteiras tecnológicas e artísticas improváveis enquanto permanece caracteristicamente cinematográfico. Flutuações de ritmo são ditadas pelos movimentos da câmera e dos atores, na ausência de cortes. [Info] ★★★★

Nenhum comentário:

Postar um comentário